slide 1

O que faz justiça aos oprimidos, o que dá pão aos famintos. O SENHOR solta os encarcerados. (Salmos 146:7)

slide 2

Orai sem cessar

slide 3

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. (Apocalipse 22:12)

Slide 4

Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. (João 4:23)

slide 5

"JESUS TE AMA, VOCÊ É MUITO IMPORTANTE PARA DEUS"

sábado, 2 de março de 2013

Casamentos fracassados: Mulheres que trocaram cristo por um casamento não cristão



Outro dia eu escrevi um texto de grande repercussão na internet. "Evangélica, solteira e desesperada para casar." (leia aqui) o qual mobilizou milhares de pessoas nos mais diferentes lugares do Brasil e exterior.

Confesso que fiquei impressionado com as dezenas de comentários feitos por mulheres que se identificaram com o artigo. Na verdade, devido àquilo que pude averiguar no blog, twitter ou facebook fui tomado pela convicção de que o bicho é muito mais feio do que aparenta ser.

Lamentavelmente não são poucas aquelas que se encontram desesperadas para contrair
matrimônio. O problema é que devido ao fato de termos muito mais mulheres do que homens em nossas igrejas, parte das jovens, frustradas por não possuírem um namorado abandonam a Cristo em detrimento a um casamento com um não cristão.

Pois bem, as consequência disso são absolutamente assustadoras. Há pouco recebi o email de uma jovem senhora que dizia o seguinte:
"Pastor, eu casei errado. Casei com um homem que não era cristão e me arrependi. Sinceramente se pudesse continuaria solteira, agora não tenho como voltar atrás. Meu casamento é um verdadeiro horror."
Uma outra mulher, já bem mais idosa compartilhou dizendo: "Pastor se arrependimento matasse eu estava perdida. A maior bobagem da minha vida foi casar com uma pessoa não cristã. Eu fui criada na igreja, mas acabei casando com um adepto de uma outra religião. Pastor, minhas noites são regadas a muito choro. Hoje sofro por não ter casado com alguém que servia ao Senhor."

Caro leitor, não vale a pena trocar as "bênçãos do Senhor" por coisas temporárias. Ora, as Escrituras afirmam que Esaú trocou o seu direito de primogenitura por um prato de lentilhas. Infelizmente para o filho de Isaque a satisfação de uma necessidade momentânea era uma muita mais importante do que a herança de seu pai.
"E amava Isaque a Esaú, porque a caça era de seu gosto, mas Rebeca amava a Jacó. E Jacó cozera um guisado; e veio Esaú do campo, e estava ele cansado; E disse Esaú a Jacó: Deixa-me, peço-te, comer desse guisado vermelho, porque estou cansado. Por isso se chamou Edom. Então disse Jacó: Vende-me hoje a tua primogenitura. E disse Esaú: Eis que estou a ponto de morrer; para que me servirá a primogenitura? Então disse Jacó: Jura-me hoje. E jurou-lhe e vendeu a sua primogenitura a Jacó. E Jacó deu pão a Esaú e o guisado de lentilhas; e ele comeu, e bebeu, e levantou-se, e saiu. Assim desprezou Esaú a sua primogenitura." (Gênesis 25:28-34)
E você? Será que a vale a pena sacrificar sua vida com Cristo pelo prazer do sexo? E quanto ao futuro? Por acaso uma casa edificada sob jugo desigual poderá prosperar?

Por favor, pare, pense e responda sinceramente: por acaso você já parou para pensar que o preço a ser pago por um casamento com uma pessoa não cristã pode ser alto demais?

Prezado amigo, se de fato você nasceu de novo, você entenderá que o Senhor é o nosso bem maior e que em virtude disso, não vale a pena colocar os pés pelas mãos.

Isto posto não se precipite, espere no Senhor acreditando que no tempo certo Ele lhe abençoará concedendo-lhe um casamento com alguém comprometido com Cristo e que vive para a glória de Deus.

Pense nisso!

Fonte: Pr. Renato Vargens

2 comentários:

Postar um comentário